Pesquisar
Close this search box.

Por que o anonimato é fundamental em Canais de Denúncias corporativos?

Menu do Artigo

Tempo de Leitura: 5 Minutos

O anonimato nos Canal de Denúncia corporativo é fundamental para que os denunciantes se sintam seguros ao relatar irregularidades e más condutas, sem ter medo de retaliação.

Com a garantia do sigilo de suas identidades, os funcionários ficam mais encorajados a denunciar — expor fraudes, comportamentos antiéticos e irregularidades em geral. 

Ainda é comum encontrar em diversas empresas uma cultura de retaliação contra denunciantes, e, por isso, colaboradores evitam relatar as situações irregulares que veem ocorrendo.

Hoje o anonimato nos Canais de Denúncia permite a continuação da comunicação caso seja necessário extrair mais informações e dados sobre o relato.

Ou seja, o anonimato não significa uma comunicação única, sem garantia de boa-fé, e portanto limitada em dados e informações: hoje com os avanços da tecnologia e com novas adequações de Segurança da Informação, os Canais equipam-se para manter o contato com o denunciante mesmo estando anônimo.

Neste artigo, você vai entender de uma vez por todas o que é o anonimato, sua diferença da confidencialidade, e quais são os benefícios que fazem com que a não-identificação do denunciante seja fundamental nos Canais de Denúncias.

Boa leitura!

O que é o anonimato

Quando se fala em denúncias, em geral pensa-se em confidencialidade e anonimato. Embora as duas modalidades pareçam ser idênticas, existem diferenças entre elas que, na prática, podem definir o sucesso de um Canal de Denúncias.

No caso de um relato confidencial, é possível estabelecer alguma conexão entre os dados relatados e a identidade do denunciante. Quando o relato é confidencial, as informações que podem identificar o denunciante são mantidas em segredo, e portanto também são protegidas.

02 Meses de Isenção

Segundo a IntegrityLine: 

“A denúncia anônima é o processo pelo qual alguém pode submeter um relato sem revelar sua identidade. Para garantir o anonimato do relatante, as organizações devem garantir que a pessoa não seja identificada por seus atributos pessoais (tais como departamento, endereço de IP, voz, estilo de escrita, etc.). Além disso, os dados transferidos do denunciante ao Canal de Denúncias devem ser processados e armazenados com criptografia.”

Ou seja, no anonimato, não é possível estabelecer nenhuma relação entre os relatos e a identidade do denunciante. 

É frente a isso que podem surgir questões e preocupações para as organizações: se os dados do informante não estão disponíveis de forma alguma, como posso garantir a efetividade da investigação? Estarei limitado ao primeiro e único relato? Isso não atrapalha uma apuração que talvez necessite de mais dados?

Essas são perguntas importantes e que fazem todo o sentido.

Antes, realmente, o anonimato completo poderia ser um problema: as denúncias limitavam-se a esse único contato: por e-mail, por telefone, por carta. Sem a possibilidade de entrar em novo contato com o denunciante, muito do relato poderia se perder.

Entretanto, com as novas tecnologias das plataformas de denúncia, esse problema não existe mais.

Hoje é possível manter o anonimato e retomar a comunicação com o denunciante — com profissionais especializados e técnica, é possível extrair mais dados pertinentes para a denúncia.

O risco de retaliação

Wagner Giovanini, sócio-diretor da Contato Seguro e especialista em Compliance, afirma que o medo de denunciar, ou seja, o medo da retaliação, é um dos resultados de um programa de Compliance em mal funcionamento. 

As duas causas mais comuns do medo é a falta de confiança no chefe ou na empresa; ou têm medo da reação das pessoas ao denunciar. Em ambos os casos, o temor é de sofrer represálias.

É provável que algo da cultura da organização seja problemático em relação a isto. Por isso o potencial denunciante tem medo da retaliação.

Para fixar: a retaliação é quando um denunciante sofre penalização pelo fato de ter denunciado. É a vingança contra o relator. 

Você denuncia que seu líder está praticando assédio moral contra alguém de seu time, o líder descobre que houve a denúncia, que o denunciante foi você, e retira algum benefício seu, ou até te manda embora.

O risco de retaliação é um risco real, já que nem toda empresa pode garantir que todos entendam a importância da proteção ao denunciante — não é possível (nem eficaz) impor o compliance dessa forma.

  • É por isso que o anonimato é fundamental em Canais de Denúncias corporativos. Com o anonimato, fica garantida a proteção do denunciante; exclui-se a possibilidade de retaliação.

Benefícios do anonimato no Canal de Denúncias

A proteção à retaliação é a chave dos benefícios do anonimato. Com proteção total ao denunciante, algumas implicações ocorrem espontaneamente:

Aumento da confiança

A impossibilidade de retaliação encoraja colaboradores, fornecedores, etc. de expor situações irregulares na organização.

Quando as pessoas entendem que o anonimato e a proteção são uma garantia, elas se sentem confiantes de cumprir seu papel e denunciar as más condutas.

Evita conflito de interesses

No processo da apuração das denúncias, o conflito de interesse é um ponto central. Os especialistas que estejam engajados com um processo de apuração não podem em nenhuma hipótese ter conflito de interesses na situação.

Com o anonimato, os especialistas podem conduzir o processo sem o risco do conflito de interesses, tornando a análise mais imparcial e objetiva.

Aumento do volume de denúncias

Protegidos e encorajados, até os mais relutantes em denunciar podem começar a tomar a iniciativa.

À medida que o Canal de Denúncias passa a funcionar e a gerar frutos, é provável que se realizem mais denúncias. Com isso, é claro, a organização tem muito mais chances de se proteger contra os malefícios das irregularidades.

Aumento dos benefícios do Canal de Denúncias

Proteção contra perdas financeiras, melhoria do clima organizacional, fortalecimento da reputação e do valor de mercado, melhores relações com stakeholders. Esses são alguns dos benefícios que se geram por um bom Canal de Denúncias que, como vimos, precisa ter o anonimato como uma garantia.

No Estudo sobre o Cenário das Denúncias da Contato Seguro, encontrou-se que o anonimato é a modalidade preferida pela maior parte dos relatores, independentemente da origem das denúncias, exceto e-mails e outras formas de entrada que representam a minoria das manifestações.

Entende-se que o uso de Canais internos, os da própria organização, não dão aos relatores a confiança e segurança suficientes do anonimato

Os manifestantes sabem que os relatos se dão num ambiente monitorado pela organização (telefone e rede de internet), por isso sabem que sua identificação pode ser realizada.

Assim, o que garante a confiança do denunciante é a presença de um Canal externo com garantia de anonimato.

ebook anonimato canal de  denuncia

Conclusão

Hoje, os Canais de Denúncias permitem que, mesmo anônimos, os denunciantes possam continuar o contato para esclarecer sobre o relato.

Isso significa que os relatos são mais completos e a segurança do denunciante é total.

O anonimato no Canal de Denúncias é fundamental porque aumenta a confiança dos potenciais denunciantes, fazendo-os relatar as irregularidades; evita conflito de interesses tanto para colaboradores quanto para os profissionais que apuram o caso; o volume de denúncias acaba sendo maior; e assim todos os benefícios do Canal de Denúncias também aumentam.

Uma organização com um Canal de Denúncias que garante anonimato e proteção ao denunciante protege-se contra perdas financeiras, cria um bom clima organizacional (com melhora na produtividade), fortalece sua reputação e suas relações com stakeholders.


Você não quer perder esses benefícios: se sua empresa ainda não possui um Canal de Denúncias, clique aqui e fale com um de nossos especialistas.

Solicite um orçamento gratuito em apenas 3 passos:

Saiba como contratar em apenas 3 passos: