Pesquisar
Close this search box.

Como criar um canal seguro para denúncias de assédio sexual no ambiente de trabalho

Como criar um canal seguro para denúncias de assédio sexual no ambiente de trabalho
Tempo de Leitura: 5 Minutos

O assédio sexual é uma conduta perniciosa que pode invadir os locais de trabalho. Marcada pelo constrangimento de natureza sexual, essa agressão pode ter qualquer pessoa como alvo, mas a vítima mais frequente é a mulher.

Sofrer assédio no trabalho acarreta prejuízos imensos tanto para a vítima quanto para a empresa.

Os Canais de Denúncias são instrumentos aliados no combate a irregularidades nas organizações, incluindo os assédios.

Para que as empresas possam identificar os casos de assédio pelo Canal, colaboradores, fornecedores e parceiros devem ter uma cultura de integridade, escolher fazer a coisa certa e denunciar quando virem uma situação ocorrer.

Junto a isso, é preciso que os manifestantes tenham total segurança para realizar os relatos: o maior empecilho da denúncia é o medo do vazamento das informações e da retaliação.

Isso é ainda mais crucial quando se trata de uma irregularidade sensível como o assédio sexual.

Logo, uma organização deve implementar um Canal de Denúncias que transmita segurança e confiança para os potenciais denunciantes.

Neste artigo, abordamos as características de um Canal seguro para receber denúncias de assédio e outras irregularidades, para que você implemente na sua organização.

Boa leitura!

Assédio Sexual e Denúncias: contexto

O assédio sexual é o constrangimento sexual de alguém, por palavras, atos ou gestos, com o objetivo de vantagem ou favor sexual.

Em geral, o assediador utiliza de sua posição hierárquica superior para intimidar a vítima e conseguir o que deseja.

Pode ser por chantagem², quando aceitar ou rejeitar a investida sexual é um determinante para favorecer ou prejudicar a situação de trabalho da vítima.

Outra modalidade é a intimidação², que inclui todo tipo de humilhação, ameaça, importunação — incluindo exposição a imagens sexuais, constrangimentos com “brincadeiras” de cunho sexual, e assim por diante.

Diferentemente do assédio moral, que depende da recorrência para se atribuir o teor violento, o assédio sexual pode ter uma ocorrência única — e, para ser caracterizado, não precisa ter as ameaças cumpridas. 

Ou seja, o contato sexual não precisa ocorrer. A ameaça, importunação e intimidação já são suficientes para qualificar o crime.

A depender do caso específico, a conduta pode ser considerada assédio sexual ou importunação sexual. Portanto, essas definições podem ser confundidas na prática. No caso de uma denúncia, o manifestante não necessita se preocupar com o conceito, pois, são os especialistas que irão determinar que tipo de violência ocorreu.

A Legislação Brasileira (Código Penal) define o assédio sexual como crime e passível de pena de detenção de 1 (um) a 2 (dois) anos.

Como já dito, essa má conduta é um assunto delicado e muito prejudicial à vítima, podendo  gerar vergonha, medo e dor emocional.

Assédio Sexual no Ambiente de Trabalho
Assédio Sexual no Ambiente de Trabalho

Experiências desse tipo tendem a levar a diversos efeitos negativos na saúde mental e física da vítima, afetando suas relações pessoais, de trabalho e sua capacidade de ser produtiva, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Por isso, é uma irregularidade grave e que deve ser combatida dentro das empresas.

Um dos principais problemas do assédio sexual nas organizações é o fato de essas situações passarem “despercebidas” ou acobertadas: as vítimas sofrem, algumas pessoas sabem da situação, mas ninguém denuncia.

O que caracteriza um Canal de Denúncias seguro?

Diversos motivos levam uma vítima ou testemunha a não denunciar diante de um caso de assédio sexual no trabalho:

  1. Desinformação: é o desconhecimento sobre o que caracteriza o assédio sexual e suas consequências. Por não entenderem o conceito e os atributos do crime, quando o sofrem ou veem, não são capazes de identificá-lo.
  2. Medo e culpa: do assediador, do julgamento das pessoas, de perder o emprego. O assédio sexual frequentemente envolve ameaças e o assediador pode ser de um nível hierárquico superior, o que amedronta vítima e testemunhas quanto às possíveis consequências de denunciar. Para a vítima, a culpa paralisante é também um sentimento recorrente nesses casos.
  1. Dificuldades institucionais: falta de um Canal especializado ou procedimento para receber denúncias. Organizações que implementam um Canal de Denúncias interno provavelmente receberão muito menos denúncias do que num canal externo. O Canal interno não passa a segurança necessária, já que os dados do relato podem vazar e comprometer as relações de trabalho do manifestante. Um Canal de Denúncias seguro e eficiente possui atributos inegociáveis. 

Com efeito, um Canal de Denúncias com credibilidade irá minimizar os principais obstáculos acima descritos.

Assim, toda e qualquer empresa que cultiva os valores da integridade, transparência e ética deve possuir um Canal, para viabilizar a prevenção ou detecção de assédios, conferindo benefícios importantes para os colaboradores, como a manutenção de um clima organizacional favorável no dia a dia.

Portanto, além de implementar um Canal externo, a organização deve investir na educação e conscientização de seus colaboradores, de fornecedores e parceiros, para que todos sejam capazes de entender o que é o assédio sexual, sua natureza criminosa e a necessidade de denunciar.

Além disso, o Canal deve ter a garantia de confidencialidade e permitir o anonimato. Se um dos principais receios das vítimas e testemunhas é o medo de serem expostos como denunciantes, o Canal deve ter os meios de resguardar sua identidade.

Para ainda melhores resultados, um Canal seguro também deve oferecer acessibilidade adequada: deve funcionar todos os dias da semana e em todos os horários; contar com diversos meios para realizar a denúncia: site, telefone, e-mail, etc.

Assim, podem-se resumir os atributos de um bom Canal para receber denúncias de assédio sexual:

  • canal de denúncias seguro e com credibilidade;
  • cultura organizacional favorável;
  • pessoal informado e consciente;
  • confidencialidade e anonimato;
  • facilidade de acesso.

Como criar um Canal seguro para denúncias de assédio sexual no ambiente de trabalho?

Encontre uma empresa terceirizada que ofereça os requisitos básicos para um Canal seguro

Esse Canal terceirizado deve:

  • garantir confidencialidade e permitir o anonimato;
  • possuir atendentes treinados e capacitados;
  • oferecer todo apoio para gestão, comunicação e treinamento para implementação do Canal de Denúncias.

Ao implementá-lo, a empresa deve receber os referidos treinamentos sobre integridade e ética, passando pela compreensão das irregularidades e seus prejuízos e como fazer bom uso do Canal na prática.

Os Recursos Humanos têm um papel fundamental na conscientização, reforço e apoio ao Canal de Denúncias na empresa.

Conclusão

A Contato Seguro é líder de mercado no setor de Canal de Denúncias.

Temos uma plataforma completa para a melhor experiência do empregador e do denunciante.

Agora com um sistema de Inteligência Artificial e uma Assistente Virtual, manifestantes podem tirar dúvidas sobre as más condutas e irregularidades e se informar melhor sobre como realizar a denúncia.

E mais: disponibilizamos o Canal de Denúncias pelo Whatsapp! Agora você pode denunciar a qualquer momento, com a segurança de sempre, no seu celular.

Oferecemos, junto à implementação do sistema, treinamentos completos e personalizados para preparar a sua organização nessa nova jornada rumo à integridade.

Se você ainda não conhece o nosso Canal de Denúncias, preencha o formulário ao lado e fale diretamente com um de nossos especialistas!

Solicite um orçamento gratuito em apenas 3 passos:

Saiba como contratar em apenas 3 passos: