Pesquisar
Close this search box.

O papel da transparência organizacional na responsabilidade corporativa

Tempo de Leitura: 5 Minutos

Transparência organizacional, de forma objetiva(1), é a intenção, posta na prática, de uma organização em tornar transparente tudo que envolva seus processos.

Uma empresa que aposta em transparência organizacional, dentre outras atitudes:

  • Informa aos colaboradores a forma de funcionamento interno da empresa, para além de apenas suas atividades particulares.
  • Informa e relembra aos seus colaboradores qual é o “porquê” da organização.
  • Inclui efetivamente os colaboradores nas tomadas de decisão.
  • Estimula a comunicação entre colaboradores e gerentes, bem como entre os próprios colaboradores.
  • Utiliza a comunicação aberta para a resolução de problemas e conta com a participação dos colaboradores.
  • Atualiza os colaboradores sobre mudanças na estrutura dos processos de trabalho, bem como quanto às expectativas e alinhamentos.
  • Promove a honestidade e a transparência em todos os contextos da organização.

Ou seja: uma organização transparente é aquela que aposta na informação e na comunicação aberta como meio de alinhar os valores para que todos produzam em harmonia e sigam a mesma direção.

Se você deseja implementar um Canal de Denúncias em sua empresa, fale com nossos especialistas.

Neste artigo, abordaremos as relações entre transparência organizacional e responsabilidade corporativa, apontando os impactos positivos dessa estratégia de gestão, bem como meios eficazes para a implementação.

Benefícios da transparência organizacional para as empresas

A transparência organizacional pode ser compreendida como uma estratégia de gestão, trazendo diversos benefícios para as empresas, tais como:

Acelera a tomada de decisão

Equipes e líderes tomam posse das informações importantes, de forma clara e acessível, o que acelera o processo de tomada de decisão, já que as ideias circulantes e os objetivos da empresa estão mais alinhados. Há, assim, menos ruído na comunicação, e a objetividade para a tomada de decisão se torna regra.

Estímulo à inovação

Com o livre circular de ideias, colaboradores podem se expressar e trazer à mesa seus pensamentos sobre projetos, processos e outros elementos que compõem o trabalho. Quando há liberdade para compartilhamento de opiniões e sugestões, fica mais fácil inovar e desenvolver soluções interessantes para problemas e desafios na organização.

Maior responsabilização e cultura de prestação de contas

Por terem acesso às informações essenciais para o desenvolvimento do trabalho, o colaborador não somente torna-se mais motivado, mas verdadeiramente pode se responsabilizar pelos processos. Não há como justificar erros graves e omissões pela ignorância — a responsabilidade individual se fortalece e a atribuição de prestar contas e dizer a verdade torna-se uma condição natural.

Engajamento dos funcionários

Com o conhecimento dos fatos importantes e a responsabilidade aflorada, a motivação se torna ainda mais forte, já que os colaboradores compreendem seu papel no processo de trabalho, reconhecem-se como peças essenciais para o funcionamento da organização e sentem-se seguros em contribuir para o bem geral.

Fortalece a cultura organizacional

Com a transparência organizacional, a troca livre de ideias e o acesso incondicionado a informações, a honestidade torna-se uma necessidade e a confiança passa a ser o fundamento das relações. Fortalece-se também, assim, a cultura organizacional positivamente: a colaboração e o trabalho em equipe fluem e são gerados espontaneamente pela equipe. 

Além desses, é fácil concluir que a transparência organizacional pode levar empresas para o próximo nível em relação à produtividade, redução de riscos, retenção de colaboradores, aumento do lucro, fortalecimento da marca empregadora, entre outros.

Impacto da transparência organizacional na responsabilidade corporativa

Com a expansão da exigência em relação ao compromisso social das empresas(2) privadas, surgiu na década de 70 um movimento para que as organizações fossem mais ativas em suas contribuições às questões trabalhistas, ambientais, éticas e sociais.

A Responsabilidade Social Corporativa(3), ou RSC, em sua dimensão interna à organização, diz da criação de relações sustentáveis com colaboradores e stakeholders, abrangendo questões sobre segurança ocupacional, saúde mental, políticas de remuneração e contratação, inclusão e diversidade.

Atualmente, as empresas que queiram se sustentar no mercado precisam traçar estratégias para darem conta deste desafio. Desta forma, a Responsabilidade Corporativa é o compromisso que uma empresa assume de criar boas relações com seus recursos humanos. Isso pode ser facilitado pelo uso da transparência organizacional.

Assim, considerando a importância da transparência organizacional na criação de ótimos resultados para a organização e para cumprir com a Responsabilidade Corporativa, organizações que pretendem se manter no mercado de trabalho devem se atentar às estratégias de implementação desse tipo de gestão.

Estratégias eficazes para implementar a transparência organizacional

Compartilhar informações

Livre fluxo de informação e comunicação entre todas as pessoas que compõem a organização. Metas, resultados, decisões, problemas e desafios devem ser postos em circulação, com livre acesso a todos. 

Sua empresa pode aproveitar as reuniões estratégicas para alinhar informações e atualizar os colaboradores sobre as questões importantes.

Quando todos possuem as mesmas informações, sem segredos, todos então podem participar do processo de trabalho de forma mais íntegra e mais objetiva

Estabelecer canais de comunicação abertos

Só é possível compartilhar informações se os meios de comunicação forem sólidos e abertos

A organização deve criar mecanismos e processos eficientes para a circulação de informação e livre expressão. A forma da comunicação também importa — criar a cultura do feedback, aceitar e saber processar diferentes opiniões e sugestões, entre outros.

Com o incentivo à abertura da comunicação, os colaboradores se responsabilizam e se tornam mais motivados para cumprir seu papel. 

Consistência e honestidade “top-down”

Já sabemos que importantes transformações nas organizações devem acontecer de maneira “top-down” — de cima para baixo. Isso significa que a hierarquia importa da maneira mais positiva possível.

A iniciativa de transformar os meios e o formato de comunicação, bem como o compartilhamento de informações, a consistência e a honestidade para garantir a transparência organizacional devem partir da gestão e das lideranças.

Sendo honestos e consistentes, gestores e líderes dão o exemplo de como agir para os colaboradores. Assim, imprimem nestes a inspiração e a motivação necessárias para seguirem o mesmo caminho.

assédio no trabalho e-book

Conclusão

A transparência organizacional se relaciona diretamente com a responsabilidade corporativa.

À medida que se torna mais transparente, uma organização provê os meios e recursos necessários para que se realize a responsabilidade corporativa.

É por meio da comunicação aberta, do intenso compartilhamento de informações, pela consistência e honestidade de gestores e lideranças que se produz a transparência organizacional.

E, dessa forma, o compromisso social da organização em cuidar e desenvolver seus colaboradores pode ser cumprido.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais sobre o nosso Canal de Denúncias? Fale com um de nossos especialistas.

Fontes:
(1) https://tinyurl.com/yvveube7
(2) https://tinyurl.com/525xk9kb
(3) https://tinyurl.com/2s4zedm9

4.8/5 - 262 votos

Solicite um orçamento gratuito em apenas 3 passos:

Saiba como contratar em apenas 3 passos: