Pesquisar
Close this search box.

Como lidar com um clima organizacional tóxico

clima organizacional tóxico

Menu do Artigo

Tempo de Leitura: 6 Minutos

Não é novidade o clima organizacional apropriado ser um requisito imprescindível para a obtenção de bons resultados numa corporação. Aliás, as pessoas são as protagonistas do sucesso, mesmo havendo outros ingredientes, como a qualidade do produto ou serviço, a capacidade de atender bem às expectativas e necessidades das partes interessadas, a governança e a organização interna, dentre outros.

E, como se percebe, mesmo esses outros fatores sofrem a interferência direta dos funcionários. Portanto, é de esperar uma atenção especial aos indivíduos, a fim de propiciar-lhes o melhor e, com isso, obter em retribuição a sua melhor contrapartida.

O ambiente de trabalho consiste, desse modo, em peça fundamental para tal propósito e, por isso, vamos abordar esse tema nesse artigo.

O que pode atrapalhar o clima organizacional? Como identificar um potencial clima tóxico? O que fazer para melhorá-lo? Essas são algumas perguntas que pretendemos responder.

Boa leitura.

Ofensores de um bom clima organizacional

Muitas podem ser as causas patrocinadoras de uma degradação do clima organizacional: baixa remuneração; ausência de benefícios para os trabalhadores; descumprimento das leis trabalhistas, de segurança no trabalho ou saúde ocupacional; falta de orientações ou regras claras para a perfeita execução das tarefas; indisponibilidade de ferramentas ou condições adequadas para o trabalho; insalubridade; necessidades constantes de jornadas alongadas (excesso de horas extras); manutenção de conflitos não resolvidos; negligência da meritocracia; etc.

Desnecessário estender essa lista de exemplos, pois, de certo, o leitor saberia de outros tantos, que também serviriam para ilustrá-la.

Entretanto, na atualidade, há alguns motivos merecedores de citação. Além de estarem presentes em inúmeras instituições, parece serem os mais comuns e mais agressivos. São os assédios, a discriminação, o bullying, o racismo e o desrespeito nas relações humanas no cotidiano.

Consequências de um clima organizacional inadequado

Investimos boa parte das nossas vidas no trabalho e, se o ambiente for nocivo, haverá um grande impacto na satisfação pessoal, com reflexos negativos na qualidade de vida de cada funcionário.

A insatisfação gera passividade, estresse, quebra de compromisso com a empresa e com os colegas, baixa qualidade nas atividades, maior propensão a doenças psíquicas e físicas, aumento de absenteísmo e licenças médicas, entre outros. 

Logo, isso afeta a produtividade, a qualidade no atendimento a clientes e os consumidores e parceiros, também. 

Os talentos e os bons funcionários passam a considerar a troca de emprego, em busca de condições melhores (não apenas salário!).

Essa organização passa a ter mais dificuldade na atração dos melhores e mais competentes profissionais, pois o clima de trabalho é percebido interna e externamente!

Ou seja, além do prejuízo direto aos funcionários, a empresa perde… e muito! Podendo até comprometer a sua sustentabilidade.

Como identificar e solucionar o problema

Fazer diagnósticos regulares é uma saída bastante utilizada no meio corporativo. Com especialistas externos ou com profissionais internos capacitados, são realizadas pesquisas diretas e anônimas para os funcionários manifestarem suas opiniões.

Os resultados são analisados com cuidado e as medidas de melhoria implementadas, sem delongas. Do contrário, em nada adiantaria apenas identificar o problema.

No entanto, recomendam-se outras ações. O pessoal do departamento de RH deve manter-se próximo do dia a dia dos funcionários, para poder perceber as sutilezas influenciadoras de um clima organizacional tóxico, de maneira, inclusive, preventiva.

Incentivar as pessoas a trazerem suas inquietações, contribuírem com ideias para melhoria, falarem abertamente sobre suas aspirações ou incômodos no exercício das funções e darem feedbacks construtivos… tudo isso ajuda a entender o cenário acerca do trabalho.

Os supervisores, chefia imediata, corpo gerencial e diretivo, quer dizer, os líderes em geral, também precisam ser bem orientados, para gerarem um clima saudável no cotidiano e, dessa forma, transformarem-se em canais confiáveis para a identificação de fatores nocivos à atmosfera laboral. Devem agir de forma proativa e eliminar focos de insatisfação no seu início. 

Por óbvio, estimula-se treinamentos e comunicação regulares para todas as pessoas sentirem-se à vontade para relatarem suas experiências.

Porém, sabe-se que o Canal de Denúncias se tornou o mais efetivo instrumento no combate a irregularidades internas e, da mesma maneira, uma das mais importantes ferramentas para se detectarem questões relativas ao clima organizacional. 

Daí a sua implementação não ser apenas uma medida para atender às legislações (por exemplo as Leis 14.457/22 e a 14.611/23), mas, sobretudo, uma estratégia crucial para a instituição alcançar melhores resultados. 

O que fazer quando o clima organizacional é tóxico?

Infelizmente, quando a taça de cristal quebra, é muito mais dispendioso colar os caquinhos frente aos gastos com a prevenção, para evitar a situação chegar a esse ponto. 

Por isso, todo mundo sugere:

  • Implemente políticas e regras claras no combate a irregularidades e na geração de um ambiente saudável no trabalho.
  • Coloque à disposição dos funcionários um Canal de Denúncias com credibilidade, com permissão ao anonimato, garantia da confidencialidade, imparcial, profissional e aberto 24 horas nos 7 dias por semana.
  • Promova comunicação e treinamentos regulares para incentivar os funcionários no exercício de seus direitos aliados aos deveres, com transparência, honestidade, respeito e boas relações humanas.
  • Estimule o diálogo franco e aberto entre chefe e subordinado e mantenha canal de comunicação direto dos colaboradores com o pessoal de RH.

Essas são apenas algumas das medidas salutares para favorecer o ambiente agradável. 

Mas, e se a empresa deixou de fazer tudo isso e agora enfrenta um clima hostil, tóxico?

O investimento de tempo e dinheiro será muito maior que a prevenção. Sem contar a possibilidade de a situação tornar-se irremediável, ter saído de controle e jamais passível de solução. Recuperar a confiança é infinitamente mais desafiador que manter intacta a credibilidade conquistada.

Nesses casos, devem ser identificados todos os fatores ofensores do clima organizacional, escolher os de maior impacto negativo e estabelecer as medidas corretivas geradoras de maior resultado no curto prazo.

Os funcionários devem ser envolvidos nessa iniciativa, a fim de lhes comunicar o interesse genuíno da empresa, fazê-los participar das ações em curso e buscar o compromisso deles em contribuir na inversão do cenário identificado.

A participação da liderança é primordial! Esse nível da organização deverá agir em sintonia com os objetivos traçados, ter atitudes coerentes e alinhadas e conduzir seus liderados para a transformação desejada.

clima organizacional tóxico canal de denúncias

Conclusão

Um ambiente de trabalho saudável promove satisfação pessoal e bons resultados para a organização. Negligenciar esse fato pode trazer consequências terríveis, não apenas com danos às pessoas, mas também para a instituição, podendo afetar a sua sustentabilidade.

Agir na prevenção é o recomendado. Disponibilizar políticas e regras claras, Canal de Denúncias confiável e profissional, promover treinamentos regulares e manter o diálogo aberto com os funcionários são algumas das medidas fundamentais para o bom clima organizacional.

Portanto, identificar focos de insatisfação logo no seu início é uma necessidade. Pesquisas de clima organizacional, o próprio Canal de Denúncias, o estímulo à manifestação dos colaboradores e a ação adequada dos líderes são recomendações salutares. 

Porém, se o clima já estiver tóxico, as medidas remediadoras devem ser colocadas em marcha sem delongas! Lamentavelmente, o investimento para solucionar essa questão será muito maior e nem sempre conseguirá resolver o problema como esperado.

Quer saber mais sobre o Canal de Denúncias? Fale com um especialista da Contato Seguro.

4.8/5 - 449 votos

Solicite um orçamento gratuito em apenas 3 passos:

Saiba como contratar em apenas 3 passos: