Lei 14.457/22

Lei 14.457/22

A Lei 14.457/22 (de 21 de setembro de 2022) é conhecida como Projeto Emprega+Mulheres e tem como objetivo incentivar e aumentar a contratação de mulheres no mercado de trabalho. Esta lei foi criada para combater a desigualdade de gênero e aumentar a participação feminina na economia.

O Projeto Emprega+Mulheres prevê a implementação de programas e ações que incentivem as empresas a contratar mais mulheres em todos os setores da economia. Além disso, também prevê a criação de medidas para facilitar o acesso das mulheres ao mercado de trabalho, como a oferta de capacitação profissional, aprimoramento de habilidades e qualificação para novas funções.

Outro aspecto importante desta lei é o incentivo à criação de políticas de igualdade de gênero no ambiente de trabalho, como a eliminação de barreiras para a ascensão profissional das mulheres e a implementação de medidas de proteção contra a discriminação de gênero.

A Lei 14457 também prevê a criação de mecanismos de fiscalização e monitoramento para garantir a efetividade das medidas e a efetivação dos objetivos do Projeto Emprega+Mulheres. As empresas deverão apresentar relatórios anuais com informações sobre a situação da contratação de mulheres em seu quadro de funcionários e as ações implementadas para promover a igualdade de gênero no ambiente de trabalho.

A implementação desta lei será realizada em parceria entre o poder público e o setor empresarial, com o objetivo de promover uma cultura de igualdade de gênero no mercado de trabalho e valorizar a importância da participação das mulheres na economia.

O Projeto Emprega+Mulheres é uma iniciativa importante para combater a desigualdade de gênero e aumentar a participação feminina no mercado de trabalho. Ele é uma oportunidade para que as mulheres possam desenvolver suas carreiras profissionais e contribuir para o crescimento econômico do país.

Entre em contato com a Contato Seguro e conheça a nossa plataforma de Canal de Denúncias (Compliance) e os nossos serviços especializados para a proteção e integridade dos membros organizacionais.

Lei 14.45722

O principal objetivo da Lei 14.457/22, ou Projeto Emprega+Mulheres, é incentivar e aumentar a contratação de mulheres no mercado de trabalho.

Esta lei visa combater a desigualdade de gênero e promover uma maior participação feminina na economia.

A legislação reconhece a necessidade de medidas concretas para reduzir o gap de gênero no emprego e fomentar a igualdade de oportunidades para mulheres em todos os setores.

A Lei 14.457/22 prevê a implementação de uma série de programas e ações destinados a facilitar o acesso das mulheres ao mercado de trabalho.

Isso inclui a oferta de capacitação profissional, aprimoramento de habilidades e qualificação para novas funções, visando preparar as mulheres para uma ampla gama de oportunidades de emprego. E a obrigatoriedade de um Canal de Denúncias em empresas com CIPA, para que os funcionários possam relatar irregularidades de forma segura e anônima.

Além disso, a lei incentiva a criação de políticas de igualdade de gênero no ambiente de trabalho, incluindo a eliminação de barreiras à ascensão profissional das mulheres e medidas de proteção contra a discriminação de gênero.

Para garantir a efetividade das medidas propostas pelo Projeto Emprega+Mulheres, a Lei 14.457/22 estabelece mecanismos de fiscalização e monitoramento.

As empresas serão obrigadas a apresentar relatórios anuais detalhando a situação da contratação de mulheres em seu quadro de funcionários e as ações implementadas para promover a igualdade de gênero.

Essa fiscalização visa assegurar que as empresas estejam em conformidade com os objetivos da lei e estejam ativamente promovendo uma cultura de igualdade de gênero no ambiente de trabalho.

A implementação desta lei será realizada em parceria entre o poder público e o setor empresarial.

4.8/5 - 180 votos